Saiba as mudanças que ocorreram na composição da Câmara Municipal de Bariri após a posse do novo prefeito

No último sábado (30) o prefeito Neto Leoni (PSDB) e a vice-prefeita Maria Pia Betti Pio da Silva Nary (PSDB) tomaram posse da Prefeitura Municipal de Bariri e, consequentemente, a composição da Câmara Municipal também foi alterada.
Maria Pia renunciou ao mandato no Legislativo para dar lugar ao seusuplente João Luis Munhoz (PSDB). Já Vagner Mateus Ferreira (PSD), que estava como prefeito interino, voltou a ocupar o cargo de vereador assumindo o lugar de seu suplente Laudenir Leonel de Souza (PSD).

Novo presidente

No dia 2 de julho a Câmara Municipal de Bariri elegeu Rubens Pereira dos
Santos (PSDB) como novo presidente. O vereador está em seu oitavo mandato e ocupará o cargo pela terceira vez. Santos ainda foi prefeito por mais de nove meses entre 2010 e 2011, quando era vice de Dito Mazotti (PSDB), que havia sido temporariamente afastado.
O cargo de primeiro secretário vai ficar com Luis Carlos de Paula (PMDB).

Cassação de Paulo Henrique Barros de Araújo

A Câmara de Bariri ainda instaurou Comissão Processante (CP) que decidiu pela cassação de Paulo Henrique Barros de Araújo. O ex-chefe do Executivo precisa ser notificado por um dos membros da comissão após
autorização judicial.
O ex-prefeito tinha sido eleito vereador em 2016 e no final de abril deste ano foi preso em flagrante acusado de estupro vulnerável. O político assumiu a prefeitura de Bariri em janeiro de 2017 já que era presidente da Câmara e na época o vencedor das eleições municipais de 2016, Neto Leoni, não foi empossado devido aos impedimentos relacionado ao vice Dito Mazotti.
Araújo foi expulso do PSDB e está preso em Tremembé.