Partidos políticos começam a declarar posicionamento no 2º turno

Foto: Elza Fiúza/ABr

Após o fim do 1º turno das eleições presidenciais, as chapas dos candidatos Fernando Haddad (PT – Partido dos Trabalhadores) e Jair Bolsonaro (PSL – Partido Social Liberal) começaram a buscar apoio de outros partidos que estiveram no pleito eleitoral. Algumas legendas já declararam o posicionamento para o 2º turno, que está marcado para o dia 28 de outubro. Veja como está a situação:

Solidariedade – Neutro. Os diretórios e correligionários estão liberados para se posicionarem e a orientação é que respeitem a Constituição vigente.

Rede – O partido de Marina Silva recomendou nenhum voto em Jair Bolsonaro, mas não quer incentivar Haddad.

PRB – Neutro. Os filiados estão liberados para votarem em quem quiser.

PTB – Apoiará Jair Bolsonaro. De acordo com nota divulgada pelo partido, o principal motivo foi as propostas econômicas.

PR – Neutro. Filiados estão liberados para manifestarem apoio para qualquer candidato.

PSOL – Apoiará Fernando Haddad. A decisão foi tomada pela Executiva Nacional do partido na última segunda-feira (8).

PSDB – A Executiva Nacional decidiu que o partido ficará neutro, mas a cúpula liberou os filiados e direções estaduais para se posicionarem como quiserem.

PSD – Neutro. Os filiados poderão declarar apoio individual em qualquer um dos dois candidatos.

PSB – Apoiará Fernando Haddad.

PPS – Fará oposição às duas candidaturas. O motivo é que o partido considera que os dois projetos flertam com ditaduras.

PPL – Apoiará Haddad, pois considera que o país corre risco caso Bolsonaro se eleja no 2º turno.

PP – Neutro.

Podemos – Neutro, mas a militância está liberada para apoiar individualmente qualquer candidato.

Patriota – Neutro.

DC – Neutro. Filiados estão liberados para votar em qualquer candidato.

Novo – Neutro, mas declarou em nota aos militantes que é absolutamente contrário às ideias do PT.

PDT –  Anunciou apoio crítico a Fernando Haddad.

DEM – Neutro, mas os integrantes terão liberdade para apoiarem qualquer candidato.